Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
28
29
30
31
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > O Projeto
imprimir

O Projeto



A recuperação total e protecção sustentável dos habitats e da biodiversidade ameaçada da Área Marinha Protegida do Ilhéu Raso, Branco e Santa Luzia, um importante hotspot de biodiversidade no Atlântico norte.


Impactos de curto prazo (1-3 anos)

1 - Gerir ou remover espécies invasoras;
2 - Melhorar o estado de conservação de aves ameaçadas e espécies de répteis em Raso e Santa Luzia;
3 - Envolver as comunidades de pescadores locais na restauração da área protegida e gerar fontes de rendimento através do ecoturismo;
4 - Aumentar a capacidade de Biosfera 1 para a conservação da natureza.



Acções/ Componentes do Projecto e Produtos / Resultados

Componente 1
Preparar a remoção das populações selvagens de predadores introduzidos em Santa Luzia.
1.1. Investigação pré-erradicação;
1.2. Plano operacional;
1.3. Identificar potenciais fontes de financiamento.

Componente 2
Avaliar a ameaça da população de ratos-caseiros e avaliar a possibilidade da sua erradicação.
2.1. Protocolo de controlo e monitorização de Rato-caseiro;
2.2. Avaliar a viabilidade da erradicação de rato-caseiro em Santa Luzia.

Componente 3
Estatuto de conservação melhorado e/ou perspectivas para a endémica e criticamente ameaçada Laverca-do-Raso.
3.1. Continuar o programa de monitorização e pesquisa sobre a população de Laverca-do-Raso;
3.2. Testes com Laverca-do-Raso para avaliar a resposta das aves ao manuseio, travessia marítima e confinamento;
3.3. Use os resultados de 3.1 e 3.2 para preparar um plano de translocação da Laverca-do-Raso.

Componente 4
Protecção total dascolónias de aves marinhas no ilhéu Raso e Branco e planos de recuperação para Santa Luzia.
4.1. População de base e estimativas de distribuição de aves marinhas no Raso, Branco e Santa Luzia;
4.2. Plano de recuperação das colónias de aves marinhas na Ilha de Santa Luzia;
4.3. Protocolo de monitorização para detecção de alterações no número de
aves marinhas ao longo do tempo.

Componente 5
Protecção efectiva de tartarugas marinhas e répteis terrestres em Santa Luzia e aumento das suas populações.
5.1. Dados sobre a população de referência para tartaruga-cabeçuda e répteis terrestres;
5.2. Plano para melhorar o estatuto de conservação dos répteis nativos terrestres e da Tartaruga-cabeçuda;

Componente 6
Consciencialização pública e educação ambiental apresentando estas ilhas como montras de restauro de habitats e valor para a biodiversidade.
6.1. Página web do projecto;
6.2. Conhecimento público aumentado;
6.3. Plano de comunicação;
6.4. Protocolo de biossegurança.

Componente 7
Desenvolvimento organizacional da Biosfera 1 e cidadania na região.
7.1. Biosfera I plena e activamente envolvida na implementação do plano de Gestão para a área marinha protegida.

Componente 8
Assegurar o legado do projecto.
8.1. Uma estratégia de continuação do projecto;
8.2. Propostas de financiamento para permitir a implementação da Fase 2.




voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com